top of page

Vereadora Maria Leticia defende ética profissional em visita à Sociedade de Endocrinologia e Metabol

A era da má prática dos hormônios foi o assunto principal discutido durante a visita da vereadora Maria Leticia Fagundes (PV) à Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Regional do Paraná (SBEM-PR), na quinta-feira (23). As integrantes da diretoria Dra Silmara Leite, Dra Maria Augusta Zella, Dra Gleyne Biagini relacionaram diversas questões que envolvem a defesa da ética profissional dos especialistas. Também destacaram possíveis parcerias com a Prefeitura de Curitiba e o Legislativo Municipal para implementação de ações de conscientização à saúde da população e valorização da classe médica.

“A questão do médico e da comunidade é complexo, chegam muitas denúncias como a de um médico recém formado que indicou anabolizante para uma criança em um campeonato esportivo”, relatou a presidente da SBEM, Silmara Leite. A preocupação da médica foi exposta à vereadora, que sugeriu a abertura de um espaço na Câmara Municipal de Curitiba para que a SBEM apresente a gravidade da situação e seja encontrada uma maneira de “coibir a má prática, até mesmo com a apresentação de Projeto de Lei determinando punição aos profissionais”. Segundo a presidente, a denuncia ao Conselho Regional de Medicina do Paraná (CRM-PR) “gera somente uma advertência”.

Ela ainda solicitou auxílio da vereadora para manter a parceria na campanha anual do diabetes, especialmente em eventos esportivos. “Nosso objetivo é estar presente nas corridas promovidas pela Prefeitura de Curitiba, considerando também o aumento da obesidade infantil”, destacou Silmara.

Maria Leticia disse que esteve recentemente na Secretaria Municipal de Esporte Lazer e Juventude e que gestor da pasta, Marcelo Richa, demonstrou entusiasmo em “promover a saúde através do esporte”. Com essa informação, ficou definido uma agenda com o secretário para estreitar o relacionamento entre a SBEM e a SMELJ.


bottom of page