top of page
fotocamara.jpg
foto_marialeticia_recortada.png

Conheça a trajetória da médica-legista que entrou na política para transformar

BIOGRAFIA

Nasceu em 6 de outubro de 1959 no município de Guaratuba, litoral do Paraná. Cresceu na cidade de Paranaguá e viveu por lá com sua mãe, Emília Tramujas Fagundes, seu pai Paulino Fagundes, e irmã, Maria Luiza Tramujas Fagundes, até partir rumo à capital, Curitiba, com o objetivo de se preparar para o vestibular, em que foi aprovada.

Primeiro, frequentou aulas de Direito na UniCuritiba, estudando durante 2 anos antes de trancar o curso para se dedicar à Medicina. Ingressou na Faculdade Evangélica de Medicina do Paraná nos anos 1980, terminando a residência de Ginecologia e Obstetrícia no Hospital Evangélico em 1988.

Em 1989, foi para São Paulo (SP) fazer mestrado na USP em Reprodução Humana e Planejamento Familiar. No fim do curso, retornou para Curitiba, sendo uma das responsáveis por abrir o ambulatório na Faculdade Evangélica. Em 1992, certifica-se em Videolaparoscopia pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Geral, sendo a primeira médica ginecologista do Paraná a conquistar tal titulação. Ainda no mesmo ano é contratada na Faculdade Evangélica como professora.

 

Em novembro de 2023, Maria Leticia se tornou membra da Câmara Técnica do Sistema Endocanabinoide do CRM-PR.

iml.jpg

CARREIRA NO IML/PR

Em 1997, Maria Leticia é aprovada em concurso público e ingressa na Polícia Científica do Paraná, tornando-se médica-legista no Instituto Médico Legal do Paraná.

Em 2010, preside a Associação Paranaense de Médicos Legistas do Paraná pela primeira vez, fazendo um mandato caracterizado pela defesa às boas condições de trabalho para os servidores. Ainda neste ano, participa da diretoria do Sindicato dos Peritos Oficiais do Estado do Paraná. Em 2021, Maria Leticia torna-se servidora aposentada pelo IML/PR, após 25 anos de carreira. Faz parte da Câmara Técnica de Medicina Legal e Perícias Médicas do Conselho Regional de Medicina.

maismarias5.jpg
maismarias1.jpg
maismarias3.jpg
maismarias2.jpg

MAIS MARIAS

Em 2012, funda a ONG Mais Marias, em defesa das mulheres vítimas de violência. Levando, através de palestras e rodas de conversa, informação para todos os cantos da cidade: comunidades, associações, empresas e grupos interessados, atingindo mais de 5 mil pessoas.

plenaria_poder.jpg

TRAJETÓRIA POLÍTICA

Em 2013, Maria Leticia filia-se ao Partido Verde do Paraná, vindo a se tornar vereadora em Curitiba em 2016 com 3.311 votos.

 

No primeiro mandato, desenvolve políticas públicas voltadas à área da Saúde, Defesa das Mulheres e Segurança Pública, sendo considerada uma das parlamentares mais atuantes, com recordes de produção.

Em 2020, é reeleita na Câmara Municipal de Curitiba com 4.019 votos, numa campanha histórica, de forma completamente remota em respeito aos protocolos da COVID-19, quando a pandemia vivia seus momentos mais críticos.

Em 2021, é considerada pelo Ranking de Jornalistas Independentes do Jornal Plural a parlamentar mais produtiva da capital paranaense, figurando como uma política de destaque no cenário estadual. Além disso, torna-se Procuradora da Mulher da Câmara Municipal de Curitiba, conseguindo tirar o órgão do papel e inclui-lo, de forma permanente, no organograma da casa legislativa, conquistando infraestrutura e servidores próprios.

Em 2023, retoma as atividades da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da População em Situação de Rua, fundada em 2021, se tornando a então atual presidênte da Frente. Pelo terceiro ano consecutivo, Maria Leticia é eleita a presidente da Comissão de Meio Ambiente, Desenvolvimento Sustentável e Assuntos Metropolitanos da Câmara Municipal de Curitiba (CMC).

Atua de forma ética, alinhada às pautas progressistas. É uma parlamentar independente, que baseia suas decisões com argumentos técnicos para promover políticas públicas em prol da equidade de gênero, diversidade e justiça social.

bottom of page